RINS, O QUE É, COMO FUNCIONA E PARA QUE FUNCIONA

RINS, O QUE É, COMO FUNCIONA E PARA QUE FUNCIONA

Rins

O sistema urinário filtra o sangue e elimina do corpo o excesso de água e resíduos na urina. É formado por dois rins, dois ureteres (um para cada rim) que são tubos que conduzem a urina dos rins para a bexiga urinária, e a uretra. Músculos controlam a emissão de urina pela bexiga.

RINS, O QUE É, COMO FUNCIONA E PARA QUE FUNCIONA

Os rins são dois órgãos em forma de feijão localizados abaixo da caixa torácica, nos dois lados das costas. O corpo tem dois rins, mas apenas um é suficiente para manter a função normal, mesmo quando o outro é lesado ou retirado.

Os mesmos filtram o sangue proveniente da aorta e das artérias renais e o devolvem ao sistema venoso. no entanto a urina produzida é movida e eliminada através do trato urinário, formado por ureteres, bexiga e uretra. portanto elas também controlam a quantidade e a composição dos líquidos do corpo. Além disso, produzem hormônios que controlam atividades em outros órgãos: a renina participa do controle da pressão arterial, e a eritropoietina estimula a formação de hemácias. Quando falha a função renal, água e resíduos podem se acumular até níveis perigosos, causando risco de vida. As substâncias que têm níveis sanguíneos controlados pelos rins incluem sódio, potássio, cloretos, bicarbonato, cálcio, fósforo e magnésio.

Os mesmos também controlam os eletrólitos do corpo e regulam a pressão sanguínea, mantém a força óssea e multiplicam as células vermelhas do sangue. Portanto, se sua função é prejudicada devido a alguma causa, todo o corpo sofre.

Algumas medidas simples é possível para cuidar bem dos rins. Veja como:

  • Diminua o consumo de sal nos alimentos. O máximo permitido é de cinco a seis gramas por dia.
  • Beba bastante água, alem disso mantenha uma alimentação saudável e pratique exercícios físicos com regularidade.
  • Não fume e mantenha um peso adequado.
  • Meça a sua pressão arterial.
  • Cuidado na hora de utilizar algum medicamento. Remédios só com a indicação dos médicos segundo.

Artigo relacionado:  SINAIS E SINTOMAS SOBRE RINS.  

Exames para monitorar a função renal

Em pacientes com lesão renal, os níveis sanguíneos de ureia e de creatinina são medidos periodicamente para acompanhar a evolução da doença. Cálcio e fósforo no sangue, e eletrólitos no sangue e na urina podem ser afetados por doenças renais. O hemograma avalia o grau de anemia resultante da falta de eritropoietina, hormônio produzido nos rins que estimula a produção de hemácias. A proteinúria é usada para avaliar o resultado do tratamento na síndrome nefrótica. O paratormônio (PTH) pode estar elevado em doenças renais.

A cistatina C é outro exame usado como alternativa à creatinina e ao clearance da creatinina para monitorar a função renal. É útil nos casos em que a medida da creatinina não é adequada, como em pessoas com cirrose hepática, muito obesas, desnutridas ou com massa muscular reduzida. A medida da cistatina C também é utilizada para a detecção precoce de doença renal, quando outros parâmetros ainda estão normais, especialmente em idosos.

 

Também podes Ler: Dicas para Emagrecer com Saúde mais ativa

Partilhar esse Conteúdo.

You Might Also Like

3 Replies to “RINS, O QUE É, COMO FUNCIONA E PARA QUE FUNCIONA”

Comments are closed.